A melancia dos preços baixos

16 Junho 2017

melancia num folheto pingo doce maio2017

É tempo de melancia.

Num folheto do Pingo Doce, uma melancia substitui a letra O para nos satisfazer o paladar e matar a sede.

A fruta da época, seja ela melancia, pêssego, melão ou cereja, deve ser uma opção racional nos nossos consumos.

É uma bela opção publicitária escolher frutos para sugerir produtos alimentares.

 

Uma maçaroca futebolista

8 Junho 2017

mascote do luverdense

Uma maçaroca a jogar futebol?

A ideia foi do Luverdense, um clube brasileiro fundado em janeiro de 2004 e já na presente temporada a disputar a 2ª liga do Brasileirão.

A mascote da maçaroca de milho consubstancia uma homenagem à economia regional, pois milho e soja rendem ali fortunas e geram milhares de empregos.

Sedeado na cidade de Lucas do Rio Verde (no Mato Grosso), o Luverdense foi o primeiro clube do goleador Felipe Silva, que se sagrou em 2016/17 Campeão do Algarve, pelo Algarve CF.

As plantas são elementos unificadores das crenças, sejam a nível desportivo, sejam a nível cultural, político ou religioso… e o milho começou por ser cultivado há milhares de anos precisamente na América…

 

O empreendedorismo agrícola

6 Abril 2017

num cartaz da 2ª MBIA talk

O empreendedorismo agrícola do séc. XXI não é o mesmo do empreendedorismo agrícola do séc. XX.

Há mercados mais exigentes e megaestruturas que obrigam a repensar todos os que querem viver da agricultura.

Primeiro, há que pensar em que parceiros-chave vai ter.

Depois, há que inventariar e projetar os recursos necessários e disponíveis, bem como as atividades principais.

De seguida, há que ponderar as despesas e imaginar os rendimentos desejados.

Só com estes dados já alinhados coerentemente, há que estabelecer uma rede de clientes (pensando nos respetivos perfis, gostos e localizações) e perceber quais os canais de distribuição.

Estas 4 linhas de pensamento são fundamentais para quem queira fazer da agricultura o seu modo de vida.

Há atualmente diversas organizações disponíveis para ajudar quem pretende singrar. Peça ajuda a quem o pode ajudar.

 

Jardinagem sem estética

26 Março 2017

KODAK Digital Still Camera

A jardinagem moderna socorre-se hoje em dia de materiais que desfeiam completamente as áreas verdes.

Cobrir os solos com lonas e mangueiras é uma aberração!

As autarquias, que estão sempre abertas a promoções, devem, primeiro que tudo, pensar no embelezamento de canteiros e jardins, coisa que não acontece com a utilização estúpida de materiais artificiais que podemos ver nos nossos espaços urbanos.

 

A simbologia do pinheiro

3 Fevereiro 2017

foto-joao-xavier-pinheiro-na-aldeia-das-acoteias

O pinheiro é uma árvore importante para a economia, mas também é visto como uma árvore simbólica da felicidade humana!

Em diversos documentos encontramos o pinheiro como símbolo da imortalidade, no extremo-Oriente, devido à sua folhagem persistente e também devido à incorruptibilidade da sua resina.

Chegando facilmente aos 250 anos de vida, o pinheiro é igualmente considerado um símbolo de longevidade, vigor e resistência.

A força maior da simbologia do pinheiro bravo é como «árvore do Natal». Consta que essa tradição ganhou popularidade no séc. XVI, pela forma triangular que consubstancia o Santíssima Trindade, mas também pela beleza estética da sua silhueta e pela perenidade do seu verde.

O pinheiro não é apenas uma árvore de crescimento rápido, com umas folhas esquisitas e agrestes. As crenças humanas elevaram-na a um patamar superior.

Um campo de batatas com 3800 anos

30 Dezembro 2016

foto-dn-batatal-de-ha-3800-anos

No Canadá, foram descobertos campos de plantação de batatas de há 3800 anos!
O terreno era da tribo Katzie e prova aos arqueólogos da Universidade Simon Fraser que o Homem já plantava batatas há quase 4 mil anos!
Além das 3768 batatas fossilizadas («wapatos»), foram descobertos 150 fragmentos de utensílios agrícolas metálicos.
Já havia outras pistas que indiciavam o cultivo milenar das batatas (que levaram milénios a chegar à Europa…), mas esta descoberta arqueológica configura-se como a mais relevante.

A vida das plantas… a nossa vida

21 Dezembro 2016

foto-joao-xavier-faveira-xis-nova

Com o frio do outono, nascem as primeiras faveiras.
A terra agradece as chuvas e as plantas crescem contentes. A gente olha-as, pensando já nas flores que mais tarde virão, para dar lugar aos frutos.
É mais um ano agrícola na sua pujança rotineira. É mais um ciclo da vida que não pára.

O sobreiro mais velho da Europa

6 Dezembro 2016

foto-publico-o-sobreiro-mais-velho-do-mundo

Em Águas de Moura, perto da Marateca (concelho de Palmela), vai ser finalmente valorizado o contexto do sobreiro mais velho da Europa.
Com 233 anos de idade e 16 metros de altura, o pinheiro monumental de Águas de Moura produziu 1,2 toneladas de cortiça em 1991!…
É muito importante preservar e integrar as árvores mais velhas e monumentais: elas são património que cada geração deve passar às gerações seguintes.
A beleza e a imponência do sobreiro mais velho da Europa tem passado despercebida a muita gente que viaja nas redondezas.

Vale e Azevedo vive da horta…

3 Dezembro 2016

vale-e-azevedo-no-correio-da-manha

Segundo o Correio da Manhã, Vale e Azevedo, o expresidente do Benfica que foi acusado de se ter apropriado de 26 milhões de euros em burlas, sobrevive atualmente dos produtos hortícolas que cultiva na sua horta!
A referência foi feita, ao que consta, pela esposa do advogado.
Vale e Azevedo saiu da prisão em 7 de junho passado e não se lhe é conhecida desde então qualquer atividade profissional.

A FIFA contra uma papoila

21 Novembro 2016

foto the independent - papoila no jogo inglaterra-escócia

As seleções A de futebol da Inglaterra e da Escócia decidiram entrar em campo para a recente jornada de apuramento do Mundial 2018 com braçadeiras que ostentavam uma papoila.
A simbologia do ato foi a comemoração do armistício e a homenagem aos mortos da Grande Guerra.
Contra essa ação, a FIFA desencadeou um processo que visa punir as federações da Inglaterra e da Escócia!
Tudo por causa de uma papoila!
A simbologia das plantas continua a ser fundamental nas crenças dos humanos.