A figueira na sabedoria milenar

Foto João Xavier - Figueira em Salir

«Fenícios, egípcios, gregos, romanos veneravam a figueira e o figo. No Império Romano, era sagrado: na mitologia, a loba que alimentou Rómulo e Remo, fundadores de Roma, descansou sob uma figueira. É fruto sagrado para os judeus, faz parte dos 7 alimentos que crescem na Terra Prometida.» – escreveu em junho de 2011 no Correio da Manhã João Palma, Presidente do Sindicato dos Magistrados do Ministério Público.
A viagem aos tempos da antiguidade deveu-se ao facto de o então Presidente da República ter oferecido figos na entrada de um almoço com as altas individualidades da Justiça.
A figueira é um símbolo que vai muito além da simplicidade de uma árvore de folha caduca que dá uns frutos/flores superdeliciosos.
As plantas são assim. Transcendem-nos.


%d bloggers like this: