Mais tomates, melhor próstata

Foto João Xavier - tomate 2010

A revista médica “Cancer Epidemiology” publicou recentemente um estudo que dá importantes pistas sobre a importância do consumo de tomates para a saúde da próstata.
Conceituadas universidades britânicas realizaram este estudo: a Universidade de Cambridge, a Universidade de Oxford e a Universidade de Bristol.
A avaliação da alimentação de 13811 homens com idades entre os 50 e os 69 anos permite concluir que os homens que ingerem tomates crus mais de 10 vezes por semana têm menos cancro da próstata que os outros.
É evidente que esta particularidade do tomate deve ser tida em conta no contexto de uma alimentação racional.
Os nutrientes mais responsáveis pelos antixodantes repelentes de toxinas que provocam danos no ADN são o licopeno (o mais eficaz), o selénio e o cálcio.


%d bloggers like this: