A mordedura do diabo

Num documento medieval, encontrei esta receita espetacular:

“Este remédio achei muitas vezes provado contra febre terçã nem me aconteceu fazê-lo a pessoa que lhe não aproveitasse.

Tomar o sumo de uma erva a que alguns chamam primavera e outros morsus diaboli outros lhe chamam solda menor. Nasce nos prados e tem uma só flor branca roxeada nas pontas desta erva.

Tomai o sumo em pequena quantidade .s. quanto caiba em uma casca de noz, e quando o enfermo tiver o frio lancem-lhe aquele sumo pelas ventas e logo revesará e como revesar logo é são, isto, senhor, não provei em outras febres nem sei se lhe aproveitará.”

A planta em causa é presentemente quase desconhecida, apesar de eu ter fotografado este exemplar no Algarve.

Temos ainda muito a aprender no conhecimento da nossa fauna e da nossa flora. Não propriamente para termos remédios capazes de atirar às ventas, mas para podermos valorizar melhor o nosso património.

Neste tempo presente em que tanto se fala em “regressar aos campos”, os nossos desempregados têm muito em que se entreter…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: