A simbologia bíblica das plantas em Isaías

Ao lermos Isaías 7 a 9, encontramos simbologias utilizadas para mensagens divinas.

“Quando foi anunciado à casa de David que os arameus tinham posto pé em Efraim, o coração do rei e do povo agitou-se, como se agitam as árvores do bosque ao sopro do vento.”

“O Senhor decepou a Israel a cabeça e a cauda, a palmeira e o junco ao mesmo tempo.”

“Se forem cortados os sicómoros, substituí-los-emos por cedros.”

A entrada de raios de sol pelo meio da ramagem das árvores é quase sempre vista como uma mensagem  de bênção e bom augúrio.

Diz Isaías em 44:23: “Exultai ó céus, por tudo o que o Senhor fez; rejubilai, ó profundidades da terra; ficai animados, ó montes, em gritos de alegria, e vós, bosques, com todas as árvores que em vós se encontram.”

Curiosamente, os peritos têm vindo a desconfiar que o livro de Isaías foi escrito por 3 pessoas diferentes, mas um estudo informático recente, feito em Israel, chegou à conclusão que, afinal, foi escrito por 2 pessoas (até ao capítulo 33 por uma e depois por outra)…

Seja como for, a simbologia das plantas é notória em qualquer das partes. Quando observar uns raios de sol a penetrarem uma floresta, lembre-se de Isaías…

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: