Crimes solitários

Pedro Rosado é um jornalista lisboeta de 56 anos. “Crimes Solitários” foi o seu primeiro livro de ficção, editado em 2004.

A ação decorre no Alentejo, enredando-se em perfis de solidão e segredo mal guardado.

Talvez a querer ilustrar as raízes subterrâneas do poder e dos desejos, para a capa foi escolhida a imagem de uma com umas raízes descomunais.

Uma canção cigana é citada a dada altura:

Llora flecha sin blanco,

la tarde sin mañana,

y el primer pájaro muerto

sobre la rama.”…

As nossas raízes nunca serão completamente descobertas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: