Conhece os gaimões?

É tempo de gaimões na serra algarvia.

Há quem lhes chame abróteas, mas no Algarve estas plantas simples que suportam solos pobres e pedregosos são conhecidas como gaimões.

Os gaimões são denominados como asphodelus pelos botânicos (se tem alguém por perto não leia isto em voz alta…) e passam despercebidos durante a maior parte do ano. Os asphodelus ramosus lançam no fim do inverno uma haste que chega quase aos 2 metros de altura e florescem vistosamente.

São plantas liliáceas nativas da região mediterrânica e a indústria farmacêutica usa-as na fabricação de diversos medicamentos e cosméticos, depois de ter percebido por que é que os nossos antepassados as usavam para lesões da pele.

O gado não lhes toca, porque, sem saber teorizar, sabe que eles têm asfodelina. Acha graça ao nome? A asfodelina é uma substância tóxica…

Um provérbio popular diz que “ano de gaimão é ano de pão”, relacionando a abundância de gaimões com a abundância de boas colheitas de cereais.

Com os tubérculos dos gaimões, os sapateiros e os encadernadores medievais fabricavam uma cola de boa qualidade.

Recuando ainda mais na Antiguidade, descobrimos que os gregos costumavam plantar gaimões junto das sepulturas, pois acreditavam que eles serviam de alimento aos falecidos.

Da próxima vez que andar pelos campos, já tem mais umas plantas para respeitar e admirar…

( in http://marafado.wordpress.com )

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: