A palavra laranja existe sem a laranja?

A Câmara Muncipal de Odemira edita uma agenda mensal com o curioso formato quadrado.

Em fevereiro 2011, a “Odemira em agenda” escolheu para a capa uma bela imagem de uma laranja.

E, para dar mais poesia à capa, encontramos no interior este excerto de um poema de Alberto:

“(…) E a palavra laranja existirá sem a laranja?

E a laranja voará sem a palavra laranja?

E se a laranja se iluminar a partir do seu centro,

do seu gomo mais secreto,

e alguém a esquecer no meio da noite

– servirá o brilho da laranja

para iluminar as cidades há muito mortas?(…)”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: