Descascando a cebola

Já alguma vez pensou que a nossa vida é como uma cebola?

Essa comparação surgiu na cabeça de Gunter Grass, Prémio Nobel da Literatura em 1999, quando quis passar ao papel a sua autobiografia.

Rever a vida pode trazer-nos algumas lágrimas… como quando descascamos uma cebola.

Nascido em Gdansk (atual Polónia), Gunter Grass tem uma casa no Algarve e pertenceu às SS nazis.

 “Quando é importunada com perguntas, a recordação assemelha-se a uma cebola, que quer ser descascada, para que possa vir à luz aquilo que é legível, letra a letra (…)”

“Por debaixo da primeira, ainda seca e estaladiça casca, encontra-se a camada seguinte, a qual, mal retirada, liberta, húmida, uma terceira, sob a qual a quarta e a quinta esperam e sussurram. E cada uma das seguintes transpira palavras evitadas por demasiado tempo, sinais tortuosos também, como se um vendedor de segredos tivesse, desde cedo, quando a cebola ainda germinava, querido cifrar-se.”

“A cebola tem muitas camadas. Existem em maioria. Mal é descascada, renova-se. Cortada, provoca lágrimas. Só ao descascá-la fala verdade.”

E encontramos muitas referências a plantas, neste seu descascar da cebola…

O seu tio Joseph dizia: “Quando vier guerra, trepo árvore e vejo quem chega primeiro. E depois boto bandeira ao alto, esta aqui ou esta…”

“… nuvens belas sobre bétulas e borboletas, que não sabiam para onde ir.”

Natureza onde quer que se cagasse.”

“São ainda dignos de menção os solos arenosos, a floresta mista e os zimbreiros;”

“… um rapaz alto como uma torre, de um loiro da cor do trigo…”

“Os pais estragavam-me com mimos, o pai com carne assada em vinagre, a mãe ao ao ouvir com um sorriso cristalizado sempre que eu ia com ela em viagem aos países do sul, lá onde o limoeiro floresce…”

“… olhares lançados a valetas escuras e pátios interiores, onde havia árvores.”

“De manhã bem cedo vejo-me a andar tacteando por um troço de floresta coberto de neve…”

“Soldados novos e velhos em uniformes da Wehrmacht. Pendem de árvores de estradas ainda carecas e de tílias em praças de mercado.”

“A Susanne traz um colar de pérolas de madeira, vermelhas cor de cereja…”

Árvores desabrochando, entre as quais bétulas.”

“Em volta, a jovem floresta dilacerada, as bétulas como que rachadas acima do joelho. Cumes de árvores tinham feito explodir uma parte das granadas.”

“… vejo-me a arrastar-me pela terra revolvida da floresta e pela folhagem apodrecida, uma mistura contra a qual comprimi a minha cabeça e cujo cheiro vai ficar gravado.”

“Ouço passos ou algo que faz pressentir passos. Ramos que estalam no chão da floresta.”

“Trincámos pepinos de conserva (…) Esvaziei a caixa da máscara de gás e enchi-a com compota de morango e de cereja (…)”

“Estávamos deitados em palha que cheirava a mofo e, além disso, a mijo.”

“Mais palpável que a figura dele, afastada para onde quer que fosse, eram os lilases lá fora no jardim do hospital militar, que o mês de maio a começar mandava florir.”

“(…) a gente do comando florestal cozinhava ali tudo o que achava, tal como urtigas e dentes-de-leão, como se fosse esparregado. Alguns coziam até raízes.”

“«Número um é rabinho torcido e podia saber-nos bem cozinhado em suopa normal de lentilhas…»”

“Claro que o feno tinha um cheiro incomparável.”

“A nossa meda de feno ficou achatada quando nos levantámos, ela à procura das cuecas, eu a mexer nos botões das calças.”

“(…) vista para o pátio, que no verão ficava à sombra dos castanheiros. Debaixo das castanhas havia bancos, sempre ocupados por anciãos que sofriam de tosse crónica ou deasma.”

“(…) tínhamos de nos revezar para levar a cabra pela corda para onde cresciam e voltavam a crescer as ervas daninhas.”

“A mesma coisa aconteceu com o esboço «Menina com maçã», o produto das minhas escaladas pela fachada.”

Um livro para ler sofregamente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: