Um pinheiro ferido

Desde o início dos tempos da sedentarização que o Homem tem a tentação de controlar as plantas e redesenhar as paisagens. Mas o cuidado com as plantas de que ele cuida deveria ser mais observador e interveniente.

Não há estatísticas, não se conhecem nem se hão de conhecer números exatos, mas uma observação atenta facilmente faz deparar diante de nós com exemplos a não seguir.

O caso deste pinheiro da Mata do Liceu (mata plantada em Faro, capital do Algarve, há 5 décadas) é sintomático do que a negligência faz.

Um pinheiro tem crescido encostado a uma vedação e, com o passar dos anos, tem descaído de tal modo que os ferros estão agora penetrando o tronco.

Bastaria apenas que o gosto que temos pelas árvores estivesse em sintonia com o cuidado que elas merecem, pela sombra, pelos aromas e pela frescura que nos oferecem.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: