Ervas na mó

De um moinho algarvio deixado ao abandono, caiu uma mó gigante.

Do seu eixo outrora engatado e milhentas vezes rodado, brotam agora simples e anónimas plantas que descobriram ali um recanto protegido…

Há quem diga que o mundo é das plantas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: