Cravo de abril

A Câmara Municipal de Portimão ofereceu um espetáculo com Sérgio Godinho no Auditório Municipal; e, a propósito, o jornal Barlavento deu destaque ao evento, com chamada de 1ª página e uma ilustração muito bonita: um cravo vermelho.

Na tarde de 25 de abril de 1974, os soldados revolucionários começaram a aparecer com cravos vermelhos nas pontas das espingardas metralhadoras G3 e a imprensa internacional transformou essa imagem no ícone da revolução, aproveitando para vincar que a deposição do Estado Novo, com poucos confrontos mortais, foi soft… foi a Revolução dos Cravos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: