A rosa de Ana Roberta

Para ilustrar uma cantiga narrativa da tradição oral da serra algarvia, a Agenda Municipal de Loulé escolheu esta bela imagem de uma composição gráfica centrada numa rosa.

Tudo porque o Joaquim Caixeiro desflorou a Ana Roberta, que era uma autêntica rosa…

No ano 2000, a Câmara Municipal de Loulé editou esta e outras recolhas maravilhosas de Filipa Faísca de Sousa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: