Os espaços verdes

Foto João Xavier em Albufeira

O primeiro indicativo de uma cidade é a impermeabilização dos solos. Cimento, betão e alcatrão são geralmente ditadores da urbanidade.

A necessidade de procurar equilíbrios e gerir as cidades como sítios agradáveis para a vida fez com que, nos últimos anos do séc. XX, a dimensão das zonas verdes fosse tida progressivamente em conta.

Uma cidade tem de ter plantas. A beleza de uma cidade não se avalia só pelas suas construções e pela sua arquitetura.

Árvores, arbustos, plantas floridas, canteiros, jardins, parques e relvados são elementos essenciais para o usufruto do ambiente citadino.

Hoje em dia, as zonas verdes são elementos essenciais nos planos de urbanização, que chegam já ao pormenor de contemplar as percentagens de elementos vegetais característicos de cada território.

As plantas são o derradeiro sobrevivente da Natureza nas cidades. Produzem oxigénio e sombra e acolhem passarada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: