Agricultura urbana

Horta no canteiro em Portimão

A artificialização da vida citadina, a impermeabilização dos solos, o custo do metro quadrado e a ridiculização do amor à terra foram as palavras de ordem da nossa civilização, nas últimas décadas.

Isto está a ter regressão: as cidades estão a reequacionar (timidamente) a relação dos seus habitantes com a terra e a natureza.

Um exemplo da repressão que as cidades têm exercido sobre o amor à terra está patente nesta foto que fiz em Portimão, num posto de abastecimento de combustíveis: nespereira, couves, abóboras, malaguetas e tomateiras, num acanhado canteiro.

Viva … a vida !…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: